jusbrasil.com.br
24 de Junho de 2021
    Adicione tópicos

    MPPB - Júri condena dupla por crime homofóbico em Araripina

    Nota Dez
    Publicado por Nota Dez
    há 9 anos

    Em julgamento realizado na última quarta-feira (22), no 1º Tribunal do Júri de Araripina (Sertão), o trabalho do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) levou à condenação de Vanilson Souza e Deucícero da Silva por terem cometido crime de teor homofóbico. Os dois são responsáveis pela morte de um jovem de 18 anos e foram os primeiros no município a serem condenados por esse tipo de assassinato.

    O julgamento tem um valor simbólico. O crime foi um dos assassinatos em Pernambuco incluídos no Relatório Sobre Violência Homofóbica no Brasil, do governo federal, datado de julho de 2012.

    A representante do MPPE que participou do julgamento, a promotora de Justiça Vanessa Cavalcanti, relatou que O julgamento desse caso pelo Tribunal do Júri revelou que a sociedade de Araripina repudia qualquer tipo de violência contra homossexuais.

    No júri, que durou cerca de 7 horas, os dois réus foram condenados a 20 anos, 9 messes e 10 dias de prisão por homicídio doloso agravado por ter sido cometido por motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

    O crime aconteceu no dia 2 de outubro de 2011 às 4h, no distrito de Lagoa do Barro, após a vítima ter saído de uma festa em um clube. Ele foi morto em um matadouro público com pauladas e teve partes do corpo queimadas.

    Fonte: Ministério Público de Pernambuco

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)